Pró-Reitoria de Pesquisa

FAPESP e Monash University selecionam propostas de pesquisa na área de saúde

Edital conjunto pretende apoiar até dez projetos, com duração máxima de dois anos. Prazo de submissão vai até 31 de março (foto: Fernando Zhiminaicela/Pixabay)

Agência FAPESP – Com o objetivo de fomentar a colaboração entre pesquisadores do Estado de São Paulo e da Austrália, a FAPESP e a Monash University lançaram uma chamada de propostas com foco na área de saúde.

Serão selecionados até dez projetos, com duração máxima de dois anos. A FAPESP fará aportes de até R$ 150 mil e a Monash University de até A$ 25 mil (R$ 92 mil aproximadamente) para cada grupo selecionado.

São considerados elegíveis a submeter proposta do lado paulista pesquisadores responsáveis ou principais de auxílios vigentes na FAPESP nas seguintes modalidades: Auxílio à Pesquisa – Regular; Auxílio à Pesquisa – Projeto Temático; Jovens Pesquisadores; Centros de Pesquisa em Engenharia (CPEs); e Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs). O auxílio FAPESP deve estar vigente por pelo menos seis meses a partir do início do novo projeto colaborativo com a Monash University.

Do lado australiano, os proponentes devem ser membros do corpo docente da Faculdade de Ciências ou da Faculdade de Medicina, Enfermagem e Ciências da Saúde da Monash University.

Os proponentes devem submeter a inscrição conjunta à FAPESP pelo Sistema de Apoio à Gestão (SAGe) até 31 de março. A FAPESP compartilhará todos os documentos enviados com os revisores da Monash University.

A íntegra do edital “FAMOUS: FAPESP and Monash University Collaboration Seed Program” está disponível em: fapesp.br/15174/.

A cerimônia de lançamento da chamada de propostas pode ser conferida no canal da Agência FAPESP no YouTube.
 

 

Este texto foi originalmente publicado por Agência FAPESP de acordo com a licença Creative Commons CC-BY-NC-ND. Leia o original aqui.

 

Site desenvolvido por Chuva Inc.