Pró-Reitoria de Pesquisa

Edital vai apoiar projetos que subsidiem a gestão de Unidades de Conservação

Iniciativa promovida pelo Programa BIOTA-FAPESP, em parceria com a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente e a Fundação para a Conservação e a Produção Florestal do Estado de São Paulo, tem como foco a Estação Ecológica Jureia-Itatins (foto: Danilo Prudêncio Silva/Wikimedia Commons)

Agência FAPESP – A FAPESP, por meio de seu Programa de Pesquisas em Caracterização, Conservação, Restauração e Uso Sustentável da Biodiversidade (BIOTA-FAPESP), anuncia o lançamento de uma chamada de propostas em parceria com a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo (Sima) e a Fundação para a Conservação e a Produção Florestal do Estado de São Paulo (FF). Trata-se do segundo edital lançado no âmbito do acordo de cooperação firmado entre as instituições.

O objetivo é subsidiar a gestão de Unidades de Conservação (UCs), com foco na Estação Ecológica Jureia-Itatins, por meio da promoção da conservação, da restauração e do uso sustentável da biodiversidade, visando a implantação das Metas de Aichi (Plano Estratégico 2011-2020 da Convenção da Diversidade Biológica).

As propostas deverão abordar de um (mínimo) a três (máximo) dos quatro temas que sumarizam os objetivos subjacentes à cooperação entre FAPESP, Sima e FF, que balizarão o apoio a ações futuras para o manejo e conservação das UCs.

A chamada está aberta a pesquisadores de instituições de ensino superior e de pesquisa no Estado de São Paulo. As propostas devem ser enviadas exclusivamente pelo Sistema de Apoio à Gestão (SAGe) até 3 de agosto e serão apoiadas de acordo com as normas da modalidade Auxílio à Pesquisa – Regular.

Foram disponibilizados R$ 4 milhões para apoiar os projetos selecionados, sendo que FAPESP e FF contribuem cada uma com metade do total dos recursos. Propostas poderão receber no máximo R$ 150 mil por ano, por um período de até 24 meses.

A avaliação das propostas ocorrerá em dois âmbitos – por um lado, a FAPESP fará uma análise colegiada com base nos critérios específicos da modalidade de apoio; por outro, um Comitê Gestor do Convênio realizará um exame quanto à aderência aos termos e temas da chamada.

A chamada está disponível em: fapesp.br/15455.
 

 

Este texto foi originalmente publicado por Agência FAPESP de acordo com a licença Creative Commons CC-BY-NC-ND. Leia o original aqui.

 

Site desenvolvido por Chuva Inc.