Pró-Reitoria de Pesquisa

Dois editais são lançados para fomentar a colaboração entre pesquisadores de São Paulo e Pernambuco

Chamadas anunciadas por FAPESP e Facepe visam apoiar pesquisas aplicadas nas áreas de inteligência artificial e meio ambiente. Propostas podem ser enviadas até 27 de junho (imagem: Gerd Altmann/Pixabay)

Agência FAPESP – A FAPESP e a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe) anunciam o lançamento de duas chamadas de apoio à pesquisa aplicada: uma em inteligência artificial (IA) e outra em meio ambiente. Os editais foram lançados no âmbito do acordo de cooperação científica entre as duas FAPs, que visa a formação e consolidação de redes de pesquisa entre ambos os Estados.

A chamada em IA visa financiar estudos que assegurem o aumento do nível de competitividade da indústria e dos negócios brasileiros, além de proporcionar melhorias ao bem-estar da população. Espera-se a submissão de propostas em quatro temas: aprendizado de máquina; internet das coisas; segurança cibernética; e computação em nuvem e de alto desempenho.

Já a chamada em meio ambiente visa apoiar atividades de ciência, tecnologia e inovação (CT&I) em dois temas: “produção de energia renovável e sustentável” e “controle da emissão de carbono”. As propostas relacionadas ao primeiro tema devem buscar solucionar gargalos que prejudicam a expansão das fontes renováveis na matriz energética brasileira, além de melhorar as condições de atratividade e confiabilidade dos sistemas. Os projetos ligados ao segundo tema devem buscar desenvolver tecnologias com vistas à redução de emissões ao longo de toda a cadeia energética e ao avanço e consolidação do mercado de captura, armazenamento e uso de carbono.

Buscam-se projetos colaborativos que envolvam grupos afiliados a instituições de ensino superior e pesquisa de Pernambuco e de São Paulo. Pesquisadores de ambos os Estados devem participar da elaboração da proposta. O prazo de submissão vai até 27 de maio. Os selecionados serão financiados por até 24 meses.

A Facepe reservou R$ 1,1 milhão para a chamada em IA e R$ 1,5 milhão para a chamada em meio ambiente. A FAPESP fará o aporte necessário para acomodar o número de propostas possíveis dentro do orçamento reservado pela Facepe.

O valor máximo por proposta será de R$ 150 mil, para a parte financiada pela Facepe, e de R$ 300 mil, para a parte financiada pela FAPESP.

Na FAPESP as propostas deve seguir as regras da modalidade Auxílio à Pesquisa – Regular.

Ao submeter os projetos, os pesquisadores responsáveis deverão usar o sistema de envio de documentos disponibilizado pela agência de fomento de seu respectivo Estado (a plataforma SAGe no caso da FAPESP e, no caso da Facepe, o Sistema AgilFAP).
 

 

Este texto foi originalmente publicado por Agência FAPESP de acordo com a licença Creative Commons CC-BY-NC-ND. Leia o original aqui.

 

Site desenvolvido por Chuva Inc.